Fortnite | PUBG Corp. processa Epic Games por violação de direitos autorais com Fortnite

De acordo com o Korea Times, A PUBG Corp. está processando a Epic Games por quebra de direitos autorais entre os jogos PlayerUnknown’s Battlegrounds e Fortnite.

A corte central do distrito de Seul irá julgar se houve ou não um caso de cópia de materiais entre os jogos. Porém, o que está em discussão não é o conceito de “battle royale”, mas sim a réplica de itens e estruturação de elementos em tela. O pedido foi registrado em janeiro e ainda não tem data para ser julgado.

Fortnite foi lançado em julho de 2017, porém só teve sucesso em setembro, quando o modo gratuito de battle-royale foi adicionado ao jogo. Nesta época, PlayerUnknown’s Battlegrounds estava no auge de sua popularidade e a PUBG Corp chegou a enviar um comunicado alertando sobre a cópia de itens e interface.

Chang Han Kim, vice-presidente da Bluehole, empresa dona da PUBG Corp, comentou que ficou desapontado com a Epic Games, desenvolvedora de Fortnite, já que as empresas eram parceiras no desenvolvimento do PUBG, já que o jogo era desenvolvido na Unreal Engine 4, motor gráfico criado pela Epic.

“Nós tínhamos uma relação de parceria com a Epic Games durante o desenvolvimento do PUBG. Até por que eles eram os criadores da Unreal Engine 4, o motor onde nosso jogo foi criado,” disse Kim ao PC Gamer. (via Jovem Nerd)

“Depois de ouvir nossa comunidade e olhar cuidadosamente, ficamos preocupados em saber que Fortnite pode estar replicando a experiência de jogo que é conhecida em PUBG.”

A ação ainda não tem uma data para ser julgada.

PlayerUnknown’s Battlegrounds está disponível para Xbox One e PC. Já Fortnite está disponível para Playstation 4, Xbox One e PC. Ambos os jogos também tem versões para dispositivos móveis.

Leia mais sobre: PlayerUnknown’s Battlegrounds

Leia mais sobre:  

Fortnite

Conteúdos relacionados